quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Chapeuzinho Vermelho e o Lobo Legal



Autoria de Alessandra Mourão
Mãe – Chapeuzinho! Chapeuzinho! Onde você está?
Chapeuzinho – Oi, mamãe.
Mãe – Filha, preparei uns doces lights deliciosos para você levar ao asilo Melhor Idade. Aproveite e deixe alguns na sua avó.
Chapeuzinho – Será que ela já chegou da natação, mamãe?
Mãe – Já sim, filha. E não se esqueça de sorrir para as pessoas. Sorrir abre caminhos, deixa o seu dia e o dos outros mais feliz.
Chapeuzinho – Pode deixar, mamãe.Até mais tarde!

Chapeuzinho caminha pelo bosque até que vê o Lobo plantando algumas flores.

Chapeuzinho – Bom dia, Seu Lobo!
Lobo – Bom dia, Chapeuzinho. Realmente está um dia muito agradável.
Chapeuzinho – O que você está fazendo aí?
Lobo – Eu estou aqui ajudando a cuidar do jardim da Dona Maroquinha.
Chapeuzinho – Muito bem, Seu Lobo.
Lobo – É a onda do momento, não sabia?
Chapeuzinho – É mesmo?
Lobo – Sim. O lance agora é ajudar os outros, fazer trabalho voluntário.
Chapeuzinho – E ali embaixo, o que é?
Lobo – Ali é a horta comunitária.
Chapeuzinho – O que é isso?
Lobo – As pessoas que moram aqui perto se reuniram e decidiram plantar alface, tomate, couve, batata e cenoura. Eles consomem nas refeições e ainda conseguem dinheiro vendendo na feira.
Chapeuzinho – Que legal!
Lobo (se gabando) – E adivinha quem ajuda a tomar conta da horta? O papai aqui.
Chapeuzinho – É isso ai Seu Lobo! Sempre podemos fazer algo de bom nessa vida.
Lobo – E você aonde vai com essa cesta?
Chapeuzinho – Vou deixar uns doces no asilo Melhor Idade e esses aqui vou levar para a vovó.
Lobo – Asilo Melhor Idade? Eu fiz um jardim lindo lá.
Chapeuzinho (falando para o público) – Ele agora mexe com a terra. Sabe tudo.
Lobo – Chapeuzinho, vai por esse caminho aqui que chegará mais rápido ao asilo.
Chapeuzinho – Obrigada, Seu Lobo. Tchau!
Lobo – Cuidado com a horta! Não vá pisar em nada.

Ela sai e o lobo pensa:

Lobo – Hum, acho que darei um pulo na casa da vovó. Há muito tempo não vou lá. (Sai)


Vovó está fazendo ginástica quando escuta baterem na porta. Ela abre e se depara com o Lobo.

Lobo – E aí vovó!
Vovó – Fala meu camarada! Entra aí.
Lobo – Quanto tempo! Como vai a vida?
Vovó – Tudo na paz, Seu Lobo.
Lobo – O que são aquelas latas coloridas ali, vovó?
Vovó – É que agora eu reciclo meu lixo. Latinha é num lugar, plástico no outro, papel e vidro.
Lobo – Maneiro, vovó. Assim não precisamos derrubar tantas árvores e nem consumir os bens naturais. Sabe que vou dar essa ideia lá no asilo Melhor Idade!?
Vovó – Assim contribuimos com o meio ambiente.
Lobo – Valeu, vovó! Temos que cuidar do nosso planeta.

Batem na porta e a vovó atende.

Chapeuzinho – Bom dia vovó!
Vovó – Oi minha querida. Que surpresa boa!
Chapeuzinho – Seu Lobo, o senhor por aqui?
Lobo – Vim trocar umas ideias com a minha irmãzinha aqui.
Chapeuzinho – Vovó, trouxe uns doces deliciosos que a mamãe preparou.
Vovó – Querida, estou de regime.
Chapeuzinho – São lights, vovó. Pode comer.
Lobo – Vovó cuidando da saúde, tá certa.
Chapeuzinho – Que barulho é esse lá fora?
Lobo – É o meu camarada Zé, o guarda florestal.
Vovó – Vamos convidá-lo para entrar.
Lobo – Chama lá, vovó.
Guarda - Bom dia!
Todos – Bom dia!
Chapeuzinho – Seu Zé, o que faz um guarda florestal?
Guarda – Eu sou G.N.
Chapeuzinho – O que é isso?
Guarda – G.N. significa Guardião da Natureza. Eu ajudo a preservar o bosque. Limpo a sujeira do riacho, não deixo os visitantes darem qualquer tipo de comida aos animais, coloquei placas informando sobre as espécies de plantas.
Lobo – É isso ai, Zé.
Guarda – Nosso planeta, mais do que nunca, precisa de ajuda.
Chapeuzinho – Eu queria ver como ficou o bosque com essas mudanças.
Vovó – Que tal se levarmos os docinhos e fazer um piquenique lá?
Todos – Boa ideia!
Guarda – Não esqueçam os sacos plásticos para colocar o lixo.
Chapeuzinho – Hoje aprendi que as pessoas sempre podem mudar para melhor e com isso fazer a diferença.
Vovó – Vamos pessoal!

Nenhum comentário: